Fareja Pet

Raças caninas são treinadas para o serviço de cão-guia para pessoas com deficiência visual

Maltratar animais

Maus-tratos e ameaças a animais é crime

Os cachorros das raças Labrador, Golden Retriever e Pastor Alemão são as mais utilizadas por deficientes visuais como cães-guias. Tendo força, inteligência, afabilidade e adaptabilidade como principais características, essas raças são as mais indicadas para este tipo de trabalho. Os animais utilizados como cães-guias geralmente são resultado de um cruzamento entre cachorros que já possuem habilidades especiais para o trabalho.

Dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia indicam a existência de 5,4 milhões de pessoas que apresentam deficiência visual no país. No entanto, uma fila de espera para obter um cão-guia já conta com mais de duas mil solicitações, sendo que apenas 70 pessoas em média são atendidas. O atendimento ainda é baixo no país porque as organizações que treinam os animais trabalham de acordo com a quantidade de doações recebidas, pois apenas com as doações podem treinar mais animais.

Algumas instituições brasileiras, como a Associação Cão Guia de Cego, Projeto Cão-Guia Sesi-SP e Instituto de Responsabilidade e Inclusão Social, tem como foco de atuação o treinamento de cães-guia. Em suas recomendações para que pessoas com deficiência visual possam solicitar um cão-guia, geralmente, apresentam os seguintes requisitos.

Após preencher todas as exigências iniciais, o interessado deve entrar em contato com uma ONG focada no treinamento de cães-guias, informar-se sobre o processo, fazer a solicitação e entrar para a lista de espera.

Fonte: http://bit.ly/1hedLB8

Sair da versão mobile