Fareja Pet reúne motivos para você adquirir um novo e maior aquário para sua casa

Os peixes agem por instinto ao formar cardumes. Esse hábito é comum, tanto na natureza, quanto nos aquários domésticos e garante aos animais, a alimentação, o acasalamento e a continuidade da vida da espécie. Para os amantes de peixes, o Fareja Pet reuniu algumas informações sobre a importância da vida em comunidade para estes animais. Habitualmente, os aquários são pequenos e recebem apenas um morador, mas para que a vida dos peixes não seja monótona seria preciso repensar essa lógica e investir mais em aquários e aumentar os moradores dos aquários domésticos.

Comunicação

O movimento é uma das principais formas de comunicação entre cardumes de peixes. Com um conjunto complexo de movimentos laterais do corpo, peixes comunicam-se e garantem sobrevivência e procriação das espécies.

Procriação

Os peixes têm maior probabilidade de encontrar seus parceiros entre membros do cardume. A possibilidade de procriação aumenta consideravelmente. Observe que peixes que se reproduziram recentemente lideram os cardumes de filhotes logo após o nascimento.

Exploração

Mesmo sendo menores, os aquários domésticos podem se tornar um verdadeiro ambiente de exploração e diversão para os peixes. Quando estão em cardumes, os animais podem sentir todas as características do aquário, sejam elas pequenas cavernas, pedras ou folhas.

 

 

Fonte: http://bit.ly/1hC4ozd

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *