Confira as dicas que o Fareja Pet reuniu para que você garanta o controle do pH e da temperatura da água em aquários domésticos

Item essencial à vida dos moradores de aquários, a água utilizada nos recipientes necessita de alguns cuidados especiais para que a vida dos peixes seja preservada. A água que pegamos na torneira de nossas casas passa por um processo de tratamento para ficar nas condições ideais de uso para nós seres humanos, o que não é necessariamente ideal para os peixes. E por esse fator precisamos preparar a água, e deixá-la mais adequada possível para a vida aquática antes de coloca-la dentro do aquário. Para fazer esse tratamento, basta adicionar um condicionador de água, que você pode encontrar em todas as lojas para aquarismo. É um tratamento rápido e fácil.

A água do aquário também pode indicar, visualmente, alguns problemas para a saúde dos peixes. Ela pode apresentar certa turbidez, o que indica uma falha na capacidade de filtragem de seu aquário. Pode ser que o filtro esteja precisando da manutenção periódica ou então pode ser que a colônia de bactérias no filtro não tenha se formado ainda, o que acorre muito em filtros recém-instalados, ou com menos de 30 dias de funcionamento.

Podemos identificar alguns problemas, e até mesmo evitar eventuais dores de cabeça, com os testes químicos, que também são feitos na água do nosso aquário. Esses testes indicam para o proprietário quais os parâmetros estão fora dos níveis aceitáveis. Considerados como essenciais e indispensáveis para manter qualidade e condições de vida adequados dentro do seu aquário, observe os testes necessários para garantir que a temperatura e o pH da água estejam sempre regulados.

Temperatura:

O teste de temperatura deve obrigatoriamente ficar a vista do aquarista 24 horas por dia, para isso basta comprar um termômetro, que pode ser um flutuante de vidro ou então um termômetro digital, e deixar dentro do aquário. O proprietário deve manter a temperatura de um aquário plantado entre 24° e 28° Celsius, mas essa temperatura pode variar de 2 graus para cima da temperatura máxima, ou então 2 graus para baixo da temperatura mínima, mais essa condição não pode ser a condição padrão de temperatura do aquário.

pH:

O pH (Potencial Hidrogeniônico), indica se a água é uma água ácida pH<7, neutra pH=7 ou básica pH>7, e é muito importante e é ele quem irá limitar qual o tipo de peixe e planta poderá ser criado em determinado aquário, pois cada peixe e planta tem uma faixa ideal de pH que suporta, e quando colocados em uma água com pH fora do que eles estão adaptados na natureza, sofrem uma queda da resistência e são muito mais facilmente acometidos por doenças e parasitas o que irá reduzir a vida do peixe. Para medir o pH da água são utilizados testes químicos que podem ser encontrados nas lojas de aquarismo, ou então por um pHmetro, que é um aparelho que faz a leitura do pH através de eletrodos e mostra o valor em uma tela digital para o aquarista.

Fonte: http://bit.ly/1sVczbt

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *