Cães detectam corona vírus no Aeroporto da Finlândia

Cães detectam corona vírus no Aeroporto da Finlândia

No aeroporto  Helsinki-Vantaa, Finlândia, cães detectam corona vírus a fim de garantir a segurança dos passageiros. Sendo assim, reduzem a propagação do COVID-19. 

São 15 cães em treinamento além de 10 instrutores. A iniciativa é patrocinada por uma clínica veterinária particular. 

De acordo com a Professora da Universidade de Helsinki, Anna Hielm-Bjorkman, explica: “Nas nossas pesquisas, observamos que cães descobrem doenças cinco dias antes que os pacientes mostrem qualquer sintoma clínico”

Nos últimos meses, aeroportos internacionais introduziram vários métodos para detectar o vírus nos passageiros. Sobretudo, adotam medidas como amostra de saliva, controle de temperatura e testes PCR. O PCR é um dos exames que confirma a COVID-19. Ele também conhecido como teste do cotonete.

Na Finlândia, pesquisadores afirmam que o uso cães farejadores foi comprovado como mais econômico, rápido e efetivo.

Há alguns meses, o Aeroporto Internacional de Dubai, Emirados Árabes, adotou um teste semelhante usando cão policial. Segundo o vice-Prefeito de Dubai Sr Timo Aronkyto: “ No futuro, é possível que cachorros farejadores circulem entre os passageiros assim como fazem os cachorros da Polícia Federal¨.

Imagem: Reuters

Como cães detectam corona vírus?

Um passo a passo

  1. No aeroporto, os passageiros são voluntários. Ao desembarcar, eles são selecionados por amostragem.
  2. Os cães detectam o corona vírus pelo cheiro de suor ou urina dos passageiros.
  3. O passageiro passa uma gaze por seu pescoço e o coloca em um recipiente.  Tal como em suspeitos de contaminação, os cães podem detectar o vírus em uma pessoa assintomática.
  4. A seguir, o recipiente é levado a outra área para que o cachorro possa cheirá-lo. Logo, aponta o resultado!
  5. Sendo assim, passageiros são testados. Aqueles suspeitos de contaminação são orientados a fazer o teste.
  6. Após, os que testam positivo são encaminhados para o teste PCR. Este leva 10 segundos.
  7. Caso o cachorro sinalize resultado positivo, o passageiro é encaminhado para o Centro de Saúde local.

Note que, a eficiência dos cães ainda não foi cientificamente comprovada

Imagem: Reuters

Por que cães?

Sabemos que cachorros têm um olfato aguçado. Há algum tempo, cães são usados para farejar bombas, drogas e contrabandos.  Além disso, detectam doenças tais como câncer e malária. 

Treinamento dos cães

O treinamento dos cães foi feito por meio de um som específico cada vez que os cachorros indicavam uma amostra positiva. E, é claro, oferece petiscos também. Ao contrário, passam para os próximo passageiros quando negativo.

Em julho, pesquisadores da Universidade Veterinária de Medicina Hannover, na Alemanha,  descobriram que os cães foram capazes de  distinguir pessoas infectadas com 94% de taxa de sucesso.

Fonte: Reuters