Cachorros na Coreia do Norte estão proibidos

Cachorros na Coreia do Norte estão proibidos

Cachorros na Coreia do Norte deverão ser enviados ao zoológico ou a restaurantes por determinação do governo do ditador. O triste fim dos cãozinhos de estimação no país asiático.

Os benefícios de conviver com cachorros são inúmeros. Além do companheirismo, é cientificamente comprovado as benesses para o físico e o emocional de donos de cachorros.

Sendo assim, parece estarrecedor que um chefe de Estado proíba famílias de terem seus animais de estimação. Pois é, ter cachorros na Coreia do Norte passou a ser ilegal desde julho deste ano. Atualmente, o governo autoritário de Kim Jong-Un determinou a proibição dos bichinhos de estimação. Também, está confiscando os animais das famílias.

De acordo com o ditador, cachorros significam “capitalismo decadente” e símbolo da “burguesia”. Por isso, os cães são vistos como artigo de luxo! 

Na sua maioria, os animais de estimação pertencem a elite coreana ou alto escalão do governo. Dessa forma, o ditador visa amenizar os ânimos da população mais carente desabastecida de alimentos devido a forte crise econômica no país. Para essa parte da população, porcos são adotados como estimação ou outros animais que servem para alimentação.

>>>> Cuide do seu cãozinho com todo carinho. Que tal biscoitos naturais e saudáveis ? Clique Aqui pra saber mais.

Segundo com informações publicadas no jornal coreano The Chosun Ilbo, veiculada no jornal britânico Daily Mail, “As autoridades estão identificando casas com cachorros de estimação e forçando as famílias a abrir mão deles ou confiscando forçadamente os cães e sacrificando-os”.

Cachorros na Coreia do Norte estão proibidos
Cachorros na Coreia do Norte


O destino dos cachorros na Coreia do Norte

O cachorros confiscados estão sendo enviados para o Zoológico (que tem os cachorros entre os animais exibidos) ou fornecidos aos restaurantes como fonte de alimento. Ou seja, a carne de cachorro é altamente consumida na Coreia do Norte.

Aliás, tradicionalmente, a carne de cachorros é uma hábito alimentar em vários países da Ásia, por exemplo China e Coreia do Sul.  Essa tradição milenar advém da época dos imperadores. Naquele tempo, a carne era considerada afrodisíaca e ajudava a suportar o calor dos verões. 

Posteriormente, no período pós guerra, com o empobrecimento da população a carne de cachorro era tida como uma proteína mais barata que porcos e mais acessível que frangos.Obviamente que com desenvolvimento desses países asiáticos esse hábito se tornou obsoleto e, em alguns países, até proibido. Hoje, eles importam carne vermelha para consumo. 

Fonte: Daily Mail