Como escolher um animal de estimação
Como escolher um animal de estimação

Como escolher um animal de estimação

A variedade de animais de estimação que podem virar um pet é grande e mesmo quando temos preferência por um tipo específico, ainda podemos ficar em dúvida quanto à raça. Vários fatores são essenciais na hora da escolha: gastos, tempo, espaço, acordo entre os membros da família, entre outros. Algumas dicas podem facilitar essa escolha:

  • Qual tipo de animal você quer? O que espera dele? Por exemplo, gatos enxergam humanos como iguais, por isso são independentes e fazem o que querem, apesar de serem carinhosos, enquanto cachorros entendem a família como sua matilha e seguem as ordens do “alfa”, ou seja, o dono;
  • Em qual parte da casa seu pet vai ficar? Qual é o espaço disponível? Um pet como hamster, peixe ou pássaro não ocupa grande espaço e precisa apenas de um cantinho para deixar a gaiola ou aquário, enquanto cães e gatos precisam de espaços variados de acordo com o porte;
  • Entenda que o pet é uma responsabilidade sua pelo tempo que ele viver, se você não pretende ficar 15 anos responsável por um bichinho, dê preferência para animais que tem menor média de vida;
  • As demais pessoas que vivem na sua casa devem estar de acordo com a compra ou adoção, evitando conflitos, problemas de maus tratos, etc., se você tiver filhos a idade também é um fato importante na escolha, crianças acima de 6 anos conseguem entender melhor responsabilidades e ajudam com os pets;
  • A idade também é um fator importante na escolha de cães e gatos, se você não quer acompanhar toda intensidade de um filhote prefira os animais que tem um ano ou mais;
  • Se informe sobre as raças, às vezes aquela sua raça favorita não é exatamente a raça que se enquadra no seu estilo de vida e disponibilidade, conheça um pouco sobre o bichinho antes de leva-lo para casa;
  • O nível de atividade do pet também é importante, algumas raças de cachorro precisam de caminhadas enquanto outros curtem a preguiça de ficar em casa vendo tv com o dono, a mesma coisa vale para os gatos, que são animais mais preguiçosos.

Fonte: http://goo.gl/1smpOf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *