Confira 10 dicas sobre adestramento de cães

Confira 10 dicas sobre adestramento de cães

Adestramento de cães significa ensinar e fazer com que fique hábil para realizar determinada ação. Essas definições retiradas de dicionário quase nos assustam! Do mesmo jeito que crianças precisam aprender limites, respeito e obediência, os cães também!

Se você quer saber o passo a passo de como adestrar seu cachorro, conheça esse  Guia!

Em entrevista exclusiva ao Fareja Pet, o adestrador Paulo Alves da P&M Adestramentos, responde dúvidas recebidas de seguidores:

1. Adestramento de cães são para todos?

Isso depende da necessidade do dono. Bem, se o cão e o dono têm um comunicação boa consequentemente não há necessidade. Posto isto, o adestramento serve para promover uma boa convivência entre o cão e o dono e também a família. Sendo assim, saber “comunicar” entre as partes é fundamental para o bem estar de todos.

2. Existem algumas raças mais espertas que as outras? Quais?

Todos os cães têm capacidade de aprender e se desenvolver. A inteligência pode variar de cão para cão. Mas, em geral, cães de trabalho tem maior facilidade de aprender. Por exemplo, as raças que mais se destacam são o Collie, o Poodle, Pastor Alemão, Doberman e Golden Retriever.

Confira 10 dicas sobre adestramento de cães

3. Como o adestramento de cães pode ajudar no comportamento?

Quando o animal começa a compreender melhor as necessidades e desejos dos donos e as “regras” de boa convivência da casa, influi no seu comportamento. Dessa maneira, ele fica mais calmo e entende os limites impostos.

4. Quais os maiores desafios do adestrador?

Os desafios dos adestradores muitas vezes vão além do trabalho com os animais. Eles(as) têm que compreender o que os donos esperam do animal, o que eles gostariam de obter do animal, como se comunicar com ele e, muitas vezes, observar se seus hábitos estão compatíveis com suas necessidades. Também, é claro, entender o que o animal sente e precisa.

5. Qual o momento (idade) certo para iniciar o adestramento de cães? Por quê?

Não há restrição de idade.  Portanto, os cães aprendem em qualquer idade. O ideal é iniciar aos três meses quando já há entendimento e facilidade de ir à rua.

No guia Guia de Adestramento de Cães, o especialista em Comportamento Animal explica em detalhes qual o melhor momento para começar a treinar o seu Cão.

6. Como ajudar um filhote a manter a calma em situações de stress como viajar, ficar sozinho, encontrar novas pessoas?

É importante que o filhote se sinta seguro sempre! Para isso, ele deve vivenciar diversas situações de socialização com pessoas e outros animais. Por exemplo, se houver situação de encontro com outros cães, não o retire do chão – isso pode passar insegurança. No caso de viagem, apresente o carro com antecedência. Vale dar uma voltinha e um petisco! Tudo isso vai estimular segurança e evitar stress.

7. O que fazer se o cão destruir objetos? E se ele atacar as pessoas ou outros animais?

Ao trazer o filhote para casa, restrinja o seu espaço. A seguir, coloque brinquedos, faça caminhadas, brinque e gaste a sua energia, e ainda use petiscos.  Enfim, evite ansiedade.

No caso de cães que desenvolveram este comportamento de destruição como ¨mastigar” o pé da mesa, há produtos no mercado que podem ajudar. A socialização além de hábitos de passeios nas ruas e visitas em casas podem evitar quaisquer problemas de mau comportamento tanto com pessoas quanto outros animais.

8. A recompensa (petisco) é essencial para o adestramento de cães?

O petisco não é essencial mas é bastante importante. Ele é um facilitador ao estimular o cão no processo de adestramento bem como carinhos ou brinquedos.  No entanto, são mais efetivos como recompensa e preferido dos cães. Note que com o tempo, diminui-se a frequência dos petiscos. Até porque pode-se também substituir os petiscos por frutas e legumes sendo que o mais recomendado é a maçã e a cenoura.

9. Como educá-lo a fazer suas necessidades no local definido pelo dono?

É preciso paciência! Não adianta brigar que porque o cão não vai entender. Então, desde filhote você deve:

  • restringir o seu espaço;
  • colocar jornal ou tapete;
  • e recompensá-lo com carinho;
  • com elogios;
  • ou com petiscos quando agir corretamente.

Antes de mais nada, colocar jornal no local destinado.  Até molhar com um pouco da urina do cão. Aliás, você deve limpar bem o local errado usado  para eliminar o odor. Há produtos no mercado que também podem ajudar. Esse ensinamento requer bastante dedicação do dono!

10. No caso de donos com pouco tempo com seu cão, alguma recomendação?

Recomendo ter qualidade do pouco tempo disponível.  Ou seja, dar atenção, levar para passear, promover interação com outros cachorros e brincar. Porém, há pessoas que optam por creche algumas vezes por semana ou dog walkers.

Dicas básicas para quem pretende conduzir adestramento em casa: a “receita” é paciência e dedicação! Para ser efetivo, o treinamento deve ser constante.  Dessa forma, recomendo meia hora por dia.  Mas, lembre-se de respeitar o tempo do cão. Não é sempre que o seu cão estará disposto a participar. Boa sorte!

Fonte: Paulo Alves – Adestrador da P&M Adestramentos

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Adestramento: o que é o reforço positivo?

Como deixar o cachorro sozinho em casa?

Como punir o meu cachorro? Eu devo?