Seu animal de estimação é um dos amores da sua vida?

em

Fonte www.usatoday.com

Pergunte ao Dr. Max. Serviço cortesia do Fareja Pet para permitir aos seus usuários fazerem perguntas e receberem conselhos e dicas de Veterinários experientes.

Pergunte ao Dr. Max

Pergunte ao Dr. Max

Qualquer um que já foi saudado por um cão carente de amor após uma viagem de negócios, ou sentiu o calor de um gato enrolado ao seu lado quando esteve doente, certamente entende o vínculo entre animais de estimação e as pessoas.

O que agora está sendo confirmado regularmente pela ciência é como a conexão humano-animal contribui poderosamente para uma vida mais saudável, mais feliz e simplesmente melhor – para as pessoas e animais de estimação. As pesquisas mostram que, quando existe a convivência entre pessoas e animais de estimação – os dois estão juntos, o bem-estar físico e mental de uma pessoa melhora, e com o animal de estimação é a mesma coisa.

Nem sempre na relação entre pessoas e animais de estimação os Pets foram tratados como o são atualmente. Isso vem mudando rapidamente de algumas gerações até os tempos de hoje. Nossos avós viam os cães de uma forma utilitária. Eles protegiam a casa e ficavam lá fora. Nossos pais deixaram os cães entrarem na casa – mas apenas na cozinha, com limites claros entre o homem e o cachorro. Hoje, em muitos lares os cães estão profundamente entrelaçados na família, quer se aconchegando conosco na sala, quer nos acompanhando nas viagens de finais de semana. Muitas famílias consideram o cão como mais um filho.

Leia também
>>>>> Ser Mãe ou Dona do seu Cão: Faz alguma diferença para você?

Mesmo que dezenas de milhões de pessoas tenham experimentado essa evolução no relacionamento pet-humano, nossa sociedade ainda não tirou proveito das infinitas maneiras que este vínculo pode servir a um bem maior. Nós, no entanto, já percebemos uma janela se abrindo – lugares onde um pequeno peludo e um pequeno ofegante estão fazendo a diferença para as pessoas e para os animais de estimação.

Nos Hospitais:

Imagine o sorriso no rosto de uma criança que, depois de passar semanas em um hospital, começasse a passar algumas horas com o animal de estimação da família, sem precisar sair da internação. Essa possibilidade ainda é uma raridade, sabe-se de quatro hospitais no planeta que acomodam animais de estimação dos seus pacientes.

Terapia assistida por animais

TERAPIA ASSISTIDA POR ANIMAIS

Aqui no Brasil já temos alguns avanços, como é o caso do Projeto Cão Amigo: “Aqui, abordaremos inicialmente a Atividade Assistida por Animais (AAA), que tem como objetivo motivar pacientes e criar uma forma de entretenimento entre os mesmos. O encontro tem uma duração média de uma hora, com a realização de brincadeiras em que os pacientes hospitalizados podem se divertir com seus animais de estimação. A atividade pode ser conduzida tanto pelo dono do animal como por um profissional da Saúde.”

Leia também
>>>>> Hospital libera visitas de animais de estimação
>>>>> Lei autoriza a visita de animais domésticos em hospitais do Paraná

As pessoas cujos animais de estimação são parte integrante de suas vidas sentem profunda falta deles durante duas semanas de férias, muito mais ainda durante uma estadia de meses de duração em um hospital. As crianças, em particular, anseiam esse vínculo e se beneficiam dele.

Animais de estimação podem proporcionar benefícios significativos para crianças hospitalizadas. Na verdade, estudos mostram que as interações com animais de estimação podem reduzir a dor, ansiedade, depressão e fadiga em pessoas com uma ampla gama de problemas de saúde.

No local de trabalho:

Trazer animais de estimação para o trabalho não é mais uma novidade. Atualmente, muitas companhias estão permitindo que os empregados tragam seus companheiros Pets, como mais um incentivo para melhorar a produtividade, retenção de profissionais e satisfação no ambiente de trabalho.

Cachorro no locar de trabalho motivação dos funcionários

Cachorro no Escritório

 Foto: Flickr

Estudos têm demonstrado que os funcionários que trazem animais de estimação para trabalhar têm níveis de estresse mais baixos, saem mais, socializam mais e encontram um melhor equilíbrio entre a vida profissional e familiar. Os animais também são beneficiados passando o dia inteiro com seus proprietários.

Embora a grande maioria das empresas não permitam animais de estimação no local de trabalho, a tendência tem sido mudar para políticas mais relaxadas. Se houvesse uma melhor compreensão dos benefícios – e se os empregadores tivessem um roteiro para fazer isso acontecer – este local de trabalho agradável de ter seria visto como um must-have.

Segundo esse artigo da Catho “O convívio com animais domésticos traz inúmeros benefícios para o ser humano. Sabendo disso, algumas empresas estão abrindo as portas para os bichos de estimação, de modo a incentivar e motivar seus funcionários”.

Nossos avós não poderiam imaginar um mundo onde os animais de estimação ficam aninhados debaixo de uma mesa em um restaurante, transitando em um escritório, ou correndo pelos corredores de um hospital infantil. Da mesma forma, eles não poderiam ter imaginado os smartphones, drones, ou o mapeamento do genoma humano.

Reprodução de trechos escritos por Kurt Venator, Doutor em Medicina Veterinária e Diretor de Estratégia e Programas Veterinários da Nestlé Purina. Ele é um veterinário ativo no estado de Nova York e defensor global do vínculo animal-humano.